Câmara Municipal

Os nossos candidatos

Luís Mourinha

Francisco Ramos

Sílvia Dias

Márcia Oliveira

José Trindade

Rita Laranjo

Mariano Dias

Pedro Borralho

António Serrano

José Maria Ginja

José Filipe Duarte

Domingos Cunha

Patricia Toureiro

Joaquim Pegacho

Carlos Broa

Maria Bernarda Velez

Por que razão nos candidatamos

Quando, há oito anos atrás, o MiETZ se candidatou às eleições autárquicas, afirmou-se como uma alternativa à gestão que à época governava o Município de Estremoz, devolvendo a todos os Estremocenses uma nova confiança no futuro.

Podemos hoje dizer que estamos orgulhosos do passado e da obra que temos vindo a desenvolver no nosso concelho. Recuperámos a confiança nos serviços municipais, demos prioridade àquilo que realmente interessa às pessoas e realizámos obras e iniciativas de acordo com as reais aspirações das nossas gentes.

Estamos com as pessoas. Com os jovens e com os idosos. Temos defendido e criado alternativas para que as nossas crianças continuem a aprender nas escolas das freguesias rurais. Dinamizámos intensamente e ampliámos as atividades da Academia Sénior para garantir que os nossos idosos tenham um melhor envelhecimento ativo. Trabalhámos em conjunto com as IPSS do concelho, na procura constante de soluções que promovam uma maior coesão social. Queremos continuar a dignificar o ensino dos nossos jovens e os tempos livres dos nossos idosos.

Nunca, em mais de 40 anos de poder local democrático, as finanças do Município de Estremoz estiveram de tão boa saúde como durante os mandatos em que o MiETZ esteve à frente dos destinos municipais. Conseguimos eliminar a dívida de curto prazo e estamos a pagar aos fornecedores num prazo médio de oito dias! Idealizámos, projetámos, construímos, fizemos e pagámos.

Para além da intensa atividade cultural e desportiva realizada pelo Município, temos apoiado as atividades das coletividades do concelho, pois entendemos que devem ser elas a dinamizar iniciativas, a criar públicos e a envolver a comunidade, em especial os jovens, nas suas dinâmicas. Devolvemos à FIAPE e à Cozinha dos Ganhões a dignidade que merecem e projetámo-las como grandes eventos nacionais, cuja qualidade é unanimemente reconhecida.

Apostámos na municipalização da água e, por isso, temos vindo a conseguir realizar severas melhorias no seu abastecimento e no saneamento, sem que para tal tenha sido necessário aumentar o seu preço. Temos construído novas condutas, melhorado as existentes e criado estações de tratamento de águas residuais. Queremos continuar a reforçar o abastecimento de água e a ampliar a rede de ETAR do concelho. Queremos continuar a garantir que, mesmo numa situação de seca, a água continua a correr nas nossas torneiras.

Estamos com as empresas e apoiamos a sua instalação no concelho. A Zona Industrial de Arcos é hoje uma realidade e regista uma grande procura para instalação de novas empresas, o que se traduzirá em mais empregos e na inversão da tendência do despovoamento do nosso território. Queremos garantir que os nossos jovens não precisam de sair do concelho, pois encontram aqui todas as condições para viver. Apostamos na criação de condições para a fixação de empresas e no apoio à promoção dos sectores de atividade com maior impacto na economia do concelho, como é o caso dos vinhos, dos mármores e das indústrias agroalimentares.

A dinamização do sector turístico, também em franco crescimento no concelho de Estremoz, tem sido uma aposta constante do MiETZ. Já demos um passo importante na criação do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano, garantindo um investimento superior a 5 milhões de euros na reabilitação dos edifícios e do espaço público dos nossos centros históricos de Estremoz, Évora Monte e Veiros. Sabemos que é preciso criar condições para que nos visitem. Estamos a criar essas condições, através da reabilitação, para potenciar o desenvolvimento turístico do nosso concelho, aliado às inúmeras potencialidades já existentes. Brevemente, graças aos esforços do atual executivo camarário, os nossos Bonecos de Estremoz serão Património Cultural Imaterial da Humanidade e esta distinção conseguirá abrir as portas do concelho para o Mundo.

Estamos convencidos de que continuamos a ser a alternativa que melhor será capaz de contribuir para o desenvolvimento sustentado e para a melhoria da qualidade de vida dos Estremocenses. Temos um projeto, temos uma equipa de pessoas capazes e temos a vontade de fazer mais e melhor pela nossa terra.

Lutaremos diariamente pela construção de um concelho mais coeso, mais desenvolvido e mais competitivo. Já sabe que pode contar connosco. No dia 1 de outubro, estamos a contar consigo para continuar a dignificar Estremoz.